Itaú de Minas, 11 de julho de 2020 Ajuda | Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Mapa do Site | Parcerias OSCS

Conselheiras Tutelares passam por capacitação pelo poder Judiciário

Na semana passada, em Pratápolis, ocorreu a capacitação dos membros eleitos do Conselho Tutelar de Itaú de Minas, juntamente ao Conselho Tutelar de Pratápolis, pois ambos fazem parte da mesma Comarca. A capacitação aconteceu em dois módulos.

“No Módulo I, as conselheiras receberam orientações sobre as funções do Conselho Tutelar, instrumentais e ética do trabalho junto às famílias . No Módulo II, foi trabalhado As Ordens da Ajuda, segundo Bert Hellinger, onde as Conselheiras puderam vivenciar e sentir que ajudar não é fazer pelo outro. A arte de ajudar deve ser equilibrada para empoderar a família e incentivá-la na construção conjunta da melhor solução.”, disse assistente social judicial do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, Maria Juliana Andrade.

Conforme avalia a secretária de Desenvolvimento Social de Itaú de Minas, Izabel Amorim Braga, o curso foi de grande relevância para as conselheiras. “Essa capacitação é importante no sentido de dar mais respaldo e embasamento para o trabalho promovido pelas conselheiras. As que foram reeleitas, acabam por ter um aprendizado a mais; e as que estão ocupando o cargo pela primeira vez receberam conhecimentos para auxiliar no apoio as famílias e na garantia dos direitos das crianças e adolescentes de Itaú de Minas”, ponderou.

O prefeito Ronilton Cintra agradece a parceria com o poder Judiciário de Pratápolis que promoveu a palestra com as devidas orientações legais. “Deixo aqui registrado meu agradecimento a todos os funcionários do Fórum que se envolveram nessa capacitação, em especial a assistente social Maria Juliana, e as conselheiras tutelares de nosso município que participaram do curso para poder melhor servir nossa comunidade”, destacou ele.

“Eu achei o curso muito proveitoso. Vai agregar muito na minha atuação profissional. A didática aplicada pela palestrante foi muito boa em questão de ensino,deu para entender com perfeição qual era a mensagem que ela queria transmitir, usou de dinâmica que nos fez interagir mas e se colocar a sentir a dor do outro,nos conhecer melhor e varias emoções. Os temas tratados na palestra são de grande importância para a atuação no Conselho Tutelar, aprendi sobre dar e receber, como agir sem julgamento à abordagem familiar e isso agregada muito no meu dia-a-dia como conselheira, mãe, filha, e mulher. O curso foi ótimo. Ansiosa para o nosso próximo encontro”, ressaltou a conselheira Eliza Izabel de Melo Moskoski.