Itaú de Minas, 2 de abril de 2020 Ajuda | Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Mapa do Site | Parcerias OSCS

Cras expande oferta de oficinas para bairros da cidade

A secretaria de Desenvolvimento Social, por meio do Cras, está oferecendo as atividades com as oficinas em diversos pontos da cidade. A ideia foi expandir a oferta dos serviços para os bairros e, desta forma, abranger mais pessoas para que possam participar das oficinas oferecidas pelo setor.

Conforme informa Izabel Amorim Braga, secretária da Pasta, as oficinas que são realizadas fora da sede do Cras acontecem em parceria com entidades como Apae, Chame e Lar São Vicente. A exemplo das oficinas de Dança e Música, que são realizadas no Lar São Vicente, na Apae e no barracão do São Lucas – parceria com o Chame .

Ainda são promovidas oficinas no barracão do Cohab 2 (Dança) e na sede do Cras: Skate, Karatê, Dança, Música, Coral, Balet e Arte em Recicláveis. “As oficinas fazem parte do SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos) e prestam um importante serviço para a população itauense, oferecendo de forma gratuita aulas para crianças, jovens, adultos e idosos”, ressalta Izabel.

A secretária enaltece que as ações do Serviço de Convivência tem grande relevância e impacto na vida de crianças, adolescentes e idosos no sentido de prevenir de situações de vulnerabilidade social que possam vir a acontecer. “O Serviço de Convivência trabalha a família. O foco é a prevenção para que tanto crianças como adolescentes possam crescer bem. O programa atinge ainda os idosos, uma outra parcela da população que necessita de uma atenção especial de todos nós”, comenta Izabel.

A descentralização das oficinas do Cras para os bairros já era um pedido do prefeito Ronilton Cintra. “São muitas crianças e jovens beneficiados com estes projetos. Ao invés de estarem nas ruas, estão tendo aulas nas áreas de esporte e cultura e isso é muito importante para a formação de adultos do bem. As oficinas ainda atendem ao público idoso e isso também me trás alegria em saber que os internos da Vila Vicentina, por exemplo, podem contar com estas oficinas. Agora, estamos estendendo este trabalho a outras partes da cidade para que mais pessoas possam ser beneficiadas”, destacou o prefeito.