Itaú de Minas, 10 de agosto de 2020 Ajuda | Dúvidas Frequentes | Fale Conosco | Mapa do Site | Parcerias OSCS

A coleta seletiva continua!

O Município de Itaú de Minas realizou no mês de Junho as primeiras coletas seletivas em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, com a proposta de ressignificar a coleta do lixo da cidade, além de conscientizar a população da preservação e já foi um sucesso”, conta a coordenadora da Secretaria do Meio Ambiente, sra. Elaine Lopes.

A cidade produz uma média de dez toneladas por dia de lixo, que seria direcionada direto para o aterro sanitário com triagem (separação do lixo no local por agentes). Com o projeto da coleta seletiva é possível diminuir esse lixo, e aumentar os benefícios, quando os resíduos são pré separados pela própria população e coletados em dias diferentes.

Nas Segundas, Quartas e Sextas são recolhidos os lixos não recicláveis, tais como: restos de comidas, restos de óleo, lixos úmidos, e lixos de banheiro. Já nas Terças e Quintas são recolhidos os lixos recicláveis: papelão, isopor, metais, plásticos e embalagens de longa vida. Esse método aperfeiçoa os processos de destinação dos lixos.

E, a partir deste mês de Julho, o lixo que não for colocado nos dias certos não será recolhido. Os lixos serão retirados e coletados de formas seletivas, de segunda a sexta. Os caminhões passam duas vezes, no período da manhã, e, uma vez, no fim de tarde.

O que é coleta seletiva?

Coleta seletiva é a coleta diferenciada de resíduos (lixos) que foram previamente separados pela população, de acordo com a constituição ou composição. Cada tipo de lixo tem um processo próprio de descarte e, é através desta seleção, que é possível separar o que é reciclável (seco) do que é rejeito (úmido/orgânico).

Os lixos recicláveis secos são compostos principalmente por metais (como aço e alumínio), papel, papelão, isopores, plásticos e embalagens. Os lixos, que são rejeitos (úmidos /orgânicos) não recicláveis, são compostos principalmente por resíduos de banheiros, restos de alimentos, resíduos de jardim (folhas secas, podas) e outros resíduos de limpeza.

A Coleta Seletiva é uma forma correta de se fazer o recolhimento das sobras, além de ser de extrema importância para a sociedade e, principalmente, na preservação do meio ambiente, uma vez que ela diminui a ocupação para descarte e poluição, preserva o solo, contribui para a diminuição de insetos além de gerar renda, movimentando assim a economia. Sem contar que a coleta possibilita um maior aproveitamento do lixo reciclável, que antes era descartado sem reutilização junto com os rejeitos, causando problemas ambientais.

Com a coleta seletiva é possível diminuir o lixo e ainda beneficiar famílias do Município. Os lixos recicláveis, geralmente, são direcionados para as cooperativas de reciclagem, no caso de Itaú de Minas, que possui uma cooperativa de triagem, eles são coletados pelos agentes da AAGAIM, que beneficiam e auxiliam em torno de dezessete famílias locais”, afirma Elaine.

Segundo a coordenadora, o projeto também conta com o apoio da Prefeitura Municipal para realizar campanhas através das agentes de saúde em seus respectivos Psf´s que, durante a semana, orientam as famílias sobre a coleta seletiva e entregam um imã contendo as informações dos dias das coletas para melhor entendimento. As agentes usam uma camiseta que é representada por dois mascotes escolhidos através da área da Educação, realizou um concurso de mascotes para a coleta e, os dois mais votados foram inseridos nas camisetas usadas pelos funcionários do setor.

A divulgação do projeto é feita através das redes sociais Facebook e Instagram, no site da cidade, www.itaudeminas.mg.gov.br, propagandas volante e divulgações na rádio para orientar a população.

Essa iniciativa é uma parceria da Prefeitura Municipal, com PVE, COPASA, CODEMA, VOTORANTIM, AGAAIM, INSTITUTO TERROA E SOCIEDADE CIVEL, que compreendem a necessidade de preservar a cidade e sua área ambiental.

Está na hora de mudar o jeito de tratar seu lixo! Vamos juntos?